'QUÊ?' (Artefacts & .Collaboratives)

Manual de Sobrevivência para Tempos Irreparáveis

Fernanda Eugenio & Coletivo AND

Desde 2021

escala maquete_edited_edited_edited_edited.jpg

ARTEFATOS

Programa

Dear English readers, we apologise: this type of content is not fully translatable through the site's language menu. Please click above to go to our English translation on the bottom of the page.

O Manual de Sobrevivência para Tempos Irreparáveis" está, atualmente, em processo de criação por Fernanda Eugenio, com a colaboração do Coletivo AND, e terá a realização audiovisual de Patrícia Araújo.


Concebido como caixa de ferramentas e kit de sobrevivência performativo para tempos pandêmicos, o "Manual" tomará a forma de uma websérie prático-teórica em vídeo, oferecendo uma introdução propositiva às práticas do Modo Operativo AND. A proposta, que explora o formato digital e a linguagem das vídeo-séries, tem como objetivo promover a acessibilidade e a popularização das ferramentas de reparação do MO_AND, oferecendo um novo plano de contato possível com as práticas do AND, independente do encontro ao vivo, seja ele presencial ou online.


Na sua primeira temporada, serão produzidos três episódios, apresentando as questões-chave da filosofia habitada do MO_AND, a estrutura-base da prática e as diferentes modalidades de jogo. Com a continuação em futuras temporadas, a intenção é compor, aos poucos, um corpo de (auto)curso que permita a experimentação autônoma das ferramentas e jogos, mesmo dentro das incertas condições atuais, em que se alternam de modo imprevisível a necessidade de períodos de confinamento com momentos em que é possível o convívio social.


A escolha do nome "manual" convoca a dimensão de "companhia assistida para uma ação solitária" que os manuais em geral proporcionam, mas desvia da sua eventual característica de receita pronta, a ser meramente seguida, ou de instruções técnicas cuja execução possa ser medida em termos de certo/errado. "Manual" ressalta, ao contrário, a inevitabilidade do erro enquanto errância, inerente ao gesto de pôr as mãos na massa, tocar na ferida e implicar-se no problema. Ressalta, então, a inevitabilidade do risco e, por isso, a importância de que se aumentar, proporcionalmente, também o cuidado. Nessa modulação é que procuramos oferecer um manual: assistir no sentido de prestar assistência, colocar-se a serviço, oferecer amparo - ante a tarefa interminável, talvez impossível e, por isso mesmo, urgente, de reparar (n)o Irreparável. "Manual", assim, chama para jogo as inflexões éticas do cuidado, da atenção distribuída, do manejo e do manuseamento, pelas quais o Modo Operativo AND se concretiza em gesto no fazer de cada ume, proporcionando vias de reconexão com sabedorias encarnadas.


Composto por uma seleção das práticas criadas ao longo dos dez anos do AND Lab, este material, juntamente com um documentário em processo, da realizadora Inês T. Alves, funcionará como objeto-memória do programa comemorativo Dez anos em Posição-Com e da edição 2021 da Escola do Reparar. Ambos, websérie de documentário, estão a ser produzidos com a parceria institucional da República Portuguesa - Cultura.




PARA ASSISTIR | PÁGINA DE SUBSCRIÇÕES: