Escola do Reparar_PaginaSite-18.jpg

Posicionando-se no seio de uma tarefa paradoxal e urgente, entre a irreparabilidade do mundo-como-É e o compromisso ético com a sua reparação, a Escola do Reparar, novo programa continuado de formação artístico-política do AND Lab, propõe conjugar o Modo Operativo AND com outras proposições artístico-políticas encarnadas, ferramentas de composição colaborativa e práticas somáticas, num programa transdisciplinar e indisciplinado, dedicado à articulação corporeidade-comunalidade e ao reconhecimento e à invenção-criação de táticas para o desaprendizado das violências arraigadas e desigualmente distribuídas em cada ume de nós. 

 

Ante o imponderável da crise pandêmica, seguimos os princípios do próprio Modo Operativo AND e, desde março, re-paramos - procurando fazer das condicionantes, condições, e escutar o que se faz possível no agora.  A edição piloto 2020 da Escola do Reparar nasce, assim, de um gesto de reparação radical, que envolveu aceitar a suspensão inevitável da dimensão situada e corpo-a-corpo, abrindo-nos a novos formatos para reinventar toda uma programação. 

 

Apoiada por uma nova plataforma digital de comunidade-acervo, esta edição é composta por um conjunto de atividades, todas dedicadas, este ano, à questão-tema das Dez Posições ante o Irreparável: (an)coragem, co(m)passionamento, consistência, comparência, firmeza, franqueza, suficiência, justeza, des-ilusão e des-cisão. 


O programa se desdobra de julho a dezembro, incluindo: Estudos Indóceis - Grupo de Estudos Praticados e Escuta Recíproca (online, em andamento); LAND - Residência de Investigação-Criação, ANDscape - Curso Extensivo (online, inscrições abertas) hANDling - Sessões Individuais de Escuta, Jogo e Práticas Corporais (online, por marcação) e understANDding - Programa Público Online de Partilhas Teórico-Reflexivas, Proposições Performativas e Conversas com Convidades (transmissões online).

A Escola do Reparar surge do desejo de contribuir para um processo que se dispara pelo reconhecimento de que já não é possível reiterar um mundo insustentável, apoiado em lógicas predatórias-extrativistas. Ao propor uma escola multilocalizada, transversal e baseada em saberes praticados, a conectar realidades e corpos diversamente afetados pelo Irreparável, pretendemos criar um espaço-brecha dedicado a coletivizar o ato de pesquisar-criar, tornando-o coincidente com os atos de viver-habitar e relacionar-performar. Um espaço para o entre-ter - o termo-nos reciprocamente umes a outres, em comunidade -, no qual possamos exercitar modos de sermos íntimes sem sermos/estarmos próximes, e nutrir, juntes, possibilidades de refazer sensibilidades e mundos.

[clique nos flyers abaixo para acessar +info sobre cada atividade e inscrições]

SCHOOL OF REPARAR  [pilot edition 2020]

Positioning itself within a paradoxical and urgent task, between the irreparability of the world-as-IS and the ethical commitment to its reparation, the School of Reparar - AND Lab's new continuing artistic-political training program - proposes to combine the Modus Operandi AND with other embodied artistic-political propositions, collaborative composition tools and somatic practices, in a transdisciplinary and undisciplined program, dedicated to the articulation between corporeality and commonality, as well as to the recognition and invention-creation of tactics for unlearning the deep seated and unevenly distributed violences in each one of us.

 

Faced with the imponderable of the pandemic crisis, we followed the principles of the Modus Operandi AND itself and since March we have stopped again [re-parar] - trying to turn conditioning into conditions by listening to what is possible here and now. The pilot edition 2020 of School of Reparar is thus born out of a radical repairing gesture, which involved accepting the inevitable suspension of the situated and body-to-body dimension, opening us up to new formats for reinventing a whole program.

 

Supported by a new digital community-collection platform, this edition comprises a set of activities, all dedicated to the theme-issue of the Ten Positions in face of the Irreparable: (an)c(h)o(u)rage, co(m)passionment, consistency, compearance, firmness, frankness, sufficiency, fairness, dis-illusion and des-cision.

 

The program runs from July to December, including: Unruly Studies - Group of Practiced Studies and Reciprocal Listening (online, in progress); LAND - Research-Creation Residency, ANDscape - Extensive Course (online, enrollment open now) hANDling - Individual Sessions of Listening, Play and Body Practices (online, on demand) and understANDding - Public Online Program for Theoretical-Reflective Shares, Performative Propositions and Conversations with Guests (online broadcasts).

The School of Reparar emerges from the desire to contribute to a process that is triggered by the recognition that it is no longer possible to reiterate an unsustainable world, based on predatory-extractive logics. By proposing a multi localized and transversal school, based on practiced knowledge, connecting realities and bodies differently affected by the Irreparable, we intend to create a space to collectivize the act of researching-creating, making it coincident with the acts of living-inhabiting and relating-performing. A space for inter-sustaining (entre-ter) each other, showing up reciprocally, in community, and experimenting with ways of being intimate without being close, nurturing together possibilities of remaking sensibilities and worlds.

[click on the flyers bellow to access +info and registration | activities will be led in Portuguese]

Equipa | Team

  • Direção | Direction: Fernanda Eugenio

  • Desenho e Curadoria | Program Design & Curation: Fernanda Eugenio & Dani d'Emilia

  • Design & Desenvolvimento Plataforma Online | Online Platform Design & Development: Alexandre Eugenio

  • Equipa Artística | Artistic Team: Fernanda Eugenio & Dani d'Emilia

  • Equipa Pedagógica | Pedagogical Team: Fernanda Eugenio, Pat Bergantin, Mariana Pimentel, Guto Macedo, Milene Duenha, Naiá Delion, Dani d'Emilia, Julia Salem

  • Acompanhamento e Cuidado | Counselling and Process Tracking: Iacã Macerata, Ruan Rocha, Jade Lemos, Roberta Ferraz, Stephanie Cristina

  • Interlocutores Convidades | Guest Interlocutors: Liliana Coutinho, Sarah Amsler, Andreia de Sade & Nuno do Carmo, Leandro Cunha, Alexa Santos, Soraya Jorge, Xana Piteira & Ana Marreiro, Marta Lança, Vanessa Andreotti, Benício Pitaguary, Julia Salem

  • Gestão Administrativa | Administrative Management: Alexandre Eugenio

  • Produção | Production: Pat Bergantin & Julia Salem

  • Comunicação e Redes Sociais | Communication and Social Networks: Pat Bergantin

  • Documentação e Tratamento Material Audiovisual | Documentation and Audiovisual Processing: Pedro Henrique Risse e Pat Bergantin

  • Apoio | Support: Câmara Municipal de Lisboa Fundo de Emergência Social - Cultura

  • Parceria Institucional | Institutional Partnership: Fundo de Fomento Cultural - República Portuguesa

  • Parceria (Acolhimento) | Hosting: ORLA - Eco Social Regeneration, Penhas co Arte Cooperativa

3a.jpg
Página Inicial
Sobre o AND Lab
A Escola do Reparar
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Vimeo - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco

Fernanda Eugenio, 2018

All Rights Reserved

Contact
Subscribe to the mailing list